Poucas empresas na bolsa de valores vêm chamando tanto a atenção do mercado quanto uma companhia de Santa Catarina, que já é chamada até de Nova Magalu. Afinal, vale a pena investir nas ações da Weg (WEGE3)?

A partir de agora, você vai conhecer mais detalhes sobre ela e entender o que precisa levar em conta antes de tomar a sua decisão de investimento.

Conheça um pouco da história da Weg, entenda as perspectivas para o futuro do negócio e saiba se vale a pena incluí-la em sua carteira de investimentos. Vamos começar? 

O que você precisa saber sobre ações da Weg

A Weg é uma empresa que nasceu em 1961 em Jaraguá do Sul (SC), fundada pelas famílias Silva, Werninghaus e Voigt. Antes chamada de Eletromotores Jaraguá, WEG é uma palavra formada pelas iniciais dos fundadores: Werner, Eggon e Geraldo.

Uma das principais fabricantes de itens elétricos do mundo, atua em automação de processos industriais no contexto da chamada Indústria 4.0: além de motores, ela investe em geração e distribuição de energia, comando e proteção, tintas e vernizes industriais e variação de velocidade. 

Mais recentemente, passou também a desenvolver tecnologias para casa conectada e espaços inteligentes, seguindo o movimento de Internet das Coisas (em inglês, Internet of Things ou IoT).

 

Weg: principais números
Receita operacional líquida em 2020 R$ 4,9 bilhões
Lucro líquido em 2020 R$ 2,3 bilhões
Código de negociação na B3 (ticker) WEGE3

Fonte: Weg – Relações com Investidores

 

5 fatos sobre a Weg

 

1 – Tem fábricas ou unidades de distribuição nos cinco continentes

Hoje em dia, a Weg tem negócios em mais de 20 países, o que permite receita em reais e em dólares. Dessa maneira, o câmbio acaba favorecendo o desempenho de suas ações. 

Inclusive, no noticiário financeiro, a companhia recebeu até o apelido de empresa à prova de crise. Confira os territórios em que a Weg tem negócios:

África do Sul Áustria China Estados Unidos Japão Rússia
Alemanha Bélgica Colômbia França México Singapura
Argentina Brasil Emirados Árabes Unidos Índia Portugal Suécia
Austrália Chile Espanha Itália Reino Unido Venezuela

2 – É chamada de Nova Magalu por alguns analistas

A partir de 2015, as ações do Magazine Luiza (MGLU3) começaram um movimento de alta na bolsa de valores que entregou mais de 25.000% de rentabilidade em cinco anos. Quem investiu R$ 5 mil nessa época terminou o ciclo de valorização com um patrimônio milionário.

Alguns analistas acreditam que a Weg seja a Nova Magalu por conta do seu investimentos pesado em novas tecnologias e no foco em eficiência operacional.

Inclusive, alguns frutos desse trabalho apareceram no balanço de 2020, em que a companhia catarinense superou as expectativas do mercado.

Por enquanto, a Weg já vem mostrando um desempenho acelerado: seus papéis avançaram mais de 370% entre 2015 e 2020, mesmo período em que as ações do Magalu deslancharam. Mas o resultado desse movimento só o tempo dirá.

3 – Tem ações negociadas nos EUA

A Weg está entre as empresas brasileiras que têm ADRs ou American Depositary Receipts, recibos negociados nos EUA que dão direito às suas ações.

Por lá, os papéis da companhia são negociados no mercado de balcão (OTC: do inglês, On The Counter). Dessa forma, não é possível comprar esses ADRs via home broker.

4 – Já foi possível comprar ações da Vale usando o FGTS

Ao lado da Petrobrás, a Vale foi uma das primeiras empresas de capital aberto a ter suas ações compradas em massa pelos investidores brasileiros.

Isso porque em março de 2002, o programa de privatização da companhia permitia que os trabalhadores usassem parte de seu Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) para comprar ações da mineradora

Até hoje, existem cotistas dos chamados Fundos Mútuos de Privatização (FMP), que são administrados pela Caixa Econômica Federal.

5 – As ações da Weg podem ser usadas para obter um empréstimo

No Crédito com Garantia de Investimentos (CGI), é possível utilizar as ações da companhia e de outras empresas para conseguir recursos extras para os seus projetos.

Na Nobli, a primeira fintech independente a oferecer esse tipo de serviço no Brasil, você pode usar os papéis da Weg como garantia para empréstimos com a menor taxa de juros do mercado.

Faça uma simulação gratuita no site da Nobli agora mesmo e veja como funciona!

 

Conclusão: vale a pena investir nas ações da Weg?

As ações da Weg têm um perfil de crescimento, ou seja, são investimentos para um prazo mais longo. Mesmo assim, a empresa já paga dividendos regularmente.

Antes de fazer qualquer investimento, você precisa entender se ele é condizente com o seu perfil de risco e se está de acordo com seus objetivos, especialmente quanto ao prazo de realização.

Dessa forma, você ficará mais confortável com suas escolhas, ainda que haja turbulências no mercado financeiro.