Na hora de fazer um empréstimo pessoal, uma das modalidades mais fáceis de encontrar é o crédito sem garantia. No entanto, como veremos aqui, as condições costumam ser menos vantajosas do que outras categorias, como o crédito com garantia de investimentos

Caso você esteja em busca de se capitalizar, seja para resolver algum imprevisto, aproveitar alguma oportunidade de última hora ou investir no seu negócio, o segredo é considerar diferentes cenários e alternativas, mesmo aquelas que estão fora do radar.

Para ajudar você, preparamos neste post uma comparação entre o crédito sem garantia e com garantia de investimentos para que você veja na prática a diferença entre essas modalidades. Vamos começar?

Como fazer um empréstimo pessoal com o crédito sem garantia?

Essa é uma modalidade oferecida pelos bancos quando o cliente não pode colocar bens em garantia, como um imóvel ou um carro e nem consegue fazer um empréstimo consignado (aquela modalidade em que as parcelas são descontadas automaticamente do salário).

Para solicitar um empréstimo sem garantia, você tem três opções:

  • contratar pelo internet banking ou aplicativo dos bancos;
  • contratar por outros canais digitais (telefone, WhatsApp);
  • negociar as condições diretamente com seu gerente.

No entanto, essa contratação depende de algumas comprovações, como renda e score de crédito

Além disso, as taxas nessa modalidade costumam ser mais altas do que no empréstimo consignado e nas categorias de crédito com garantia em geral, como veremos mais adiante.

O crédito com garantia de investimentos é uma modalidade relativamente recente no Brasil.

Como funciona um empréstimo com garantia de investimentos?

O crédito com garantia de investimentos é uma modalidade relativamente recente no Brasil. Nela, você pode usar como garantia aplicações como CDB, LCI, LCA, debêntures e ações.

Durante o período do empréstimo, seus títulos ficam congelados, sem sofrer nenhuma movimentação. No entanto, eles continuam rendendo normalmente ou no caso das ações, seguem acompanhando a variação do mercado. Em caso de falta de pagamento, essas aplicações são executadas para cobrir o valor devido.

Ao final da operação, quando todas as obrigações estiverem quitadas, você fica livre para movimentar seus recursos como desejar. É assim que o crédito com garantia de investimentos permite que você se capitalize sem abrir mão de seus investimentos de longo prazo.

Apesar de ser uma importante ferramenta de planejamento financeiro pessoal, esse tipo de operação ainda é pouco difundido no Brasil.

Isso porque as instituições geralmente atrelam esse crédito aos próprios investimentos em sua plataforma. Dessa maneira, as opções ficam limitadas à prateleira dos próprios bancos e corretoras que têm esses recursos.

No entanto, essa realidade está começando a mudar. A Nobli é as primeira fintech brasileira que atua de forma independente nesse mercado. Com taxas a partir de 0,79% ao mês você consegue dinheiro rápido, com menos burocracia e 100% online.

O que vale mais a pena? Crédito sem garantia ou com garantia de investimentos?

Dependendo do valor dos seus investimentos e da quantia que você precisa tomar emprestada, vale a pena considerar o crédito com garantia de investimentos como opção.

Vamos supor que você precise de R$ 1 mil para essa operação. Vamos imaginar também que você tenha aplicações financeiras como CDB, LCI e LCA, ações, BDRs, ETFs ou FIIs em valores equivalentes.

A partir do exemplo acima, o crédito com garantia de investimentos acaba sendo a melhor opção por conta da taxa de juros mais baixa.

No entanto, como os valores liberados dependem da quantia que você tem investida, vale a pena analisar o seu caso em particular.

Para isso, faça uma simulação grátis no site da Nobli e veja qual é o valor que você pode ter liberado em sua conta. Não se esqueça de considerar todos os seus investimentos em CDB, LCI e LCA, ações, BDRs, ETFs e FIIs.

Quando vale a pena tomar um empréstimo sem garantia?

O crédito sem garantia é um tipo de empréstimo bem mais barato quando consideramos os juros do cheque especial (6,9% ao mês) e do cartão de crédito (13% ao mês).

Entendendo melhor as diferenças entre essas modalidades, você amplia as possibilidades para o seu planejamento financeiro

Então, agora que você já sabe a diferença entre o crédito sem garantia e o empréstimo com garantia de investimentos, que tal conhecer melhor essa novidade? Confira o post que preparamos para você entender como funciona e quais os outros benefícios de usar investimentos como garantia de empréstimo.