Até pouco tempo a poupança era referência de renda fixa para os brasileiros, por oferecer alta liquidez e baixo risco ela era utilizada para poupar e acumular reservas de emergência. Apesar desse hábito, outros meios de investimentos surgiram oferecendo maior rentabilidade e formas mais acessíveis de se investir.

LCIs, LCAs, CDBs e Tesouro Direto são algumas das opções mais conhecidas de investimentos em Renda Fixa, muitos deles são citados como a melhor opção para quem está começando no mundo dos investimentos. Entretanto, nem sempre há clareza sobre o que é o investimento em renda fixa e, porque este tipo de investimento é tão conhecido.

O investimento em renda fixa é uma ótima oportunidade para quem deseja investir e possui um perfil mais conservador já que nesse tipo de investimento é possível poupar e investir com segurança. Sendo assim, se você se identifica com este perfil ao longo deste conteúdo você vai descobrir o que é de fato a renda fixa e como começar a investir.

O que é renda fixa?

O nome Renda Fixa se refere a qualquer categoria de investimento que possui normas e regras de rendimento pré-definidas. Dessa forma, ao investir você já ficará sabendo tudo sobre prazos, taxas de rendimento e até mesmo o índice que será utilizado para valorizar o capital investido.

Por exemplo, você já sabe que receberá 3% ao ano ou o quanto variar de acordo com a inflação. O investimento em Renda Fixa é um negócio com retorno mais previsível que a renda variável.

Deste modo, esses investimentos são compostos por títulos e certificados para captar recursos em troca do pagamento de rentabilidade.

Se você ainda não investe na Bolsa de Valores, o ideal é que o investimento em Renda Fixa seja a sua primeira escolha já que é um investimento seguro e garantido.

Um erro comum que muitas pessoas cometem é investir na oportunidade de ganhar muito sem antes ter um patrimônio solidificado e garantido. Assim elas acabam arriscando no “incerto” antes de garantir o “certo”. 

Atualmente você encontra diversos tipos de investimentos na Renda Fixa. Eles são caracterizados por rentabilidade, emissor, risco, objetivos, etc. Confira abaixo os Investimentos em renda fixa mais conhecidos:

  • CDB (Certificado de Depósito Bancário, sendo um título de renda fixa emitido por bancos para captar dinheiro e financiar suas atividades);
  • Poupança;
  • Tesouro Direto;
  • LCI e LCA;
  • Letra de Câmbio;
  • CRI/CRA;

Entre outros.

Como funcionam os investimentos em Renda Fixa?

Compreender como a renda fixa funciona é entender que o investimento nessa categoria significa emprestar dinheiro ao emissor do título. Em troca, o retorno é feito por meio de condições acordadas previamente. Deste modo a entidade, emite um documento onde se compromete a devolver o capital emprestado acrescido de juros após um prazo preestabelecido

O investimento em renda fixa depende do tipo de emissor. Ele pode ser do tipo público ou privado, onde se destaca o conhecido crédito privado. Os investimentos públicos são emitidos por empresas privadas e instituições financeiras. Já os investimentos públicos são emitidos pelo Governo. 

Ademais a rentabilidade recorrente, estável e efetiva, muitos investimentos em renda fixa de até R$250 mil oferecem uma garantia conhecida como Fundo Garantidor de Crédito (FGC), o fundo assegura o pagamento dos recursos em caso do emissor vir à falência.

Sendo assim, com um investimento inicial baixo, já é possível investir em títulos que captam recursos para subsidiar o crescimento da economia. Como vimos acima, tais investimentos podem ter liquidez diária permitindo resgate a qualquer momento, ou um prazo de carência, quando o resgate antecipado é desfavorável.

Além do mais, algumas aplicações contam com a isenção dos impostos, isso aumenta o retorno líquido recebido pelo investidor, já em outras os rendimentos podem ser taxados e tributados.

O que significa tarifas pré e pós fixado?

No momento de investir é comum surgirem estes termos. Pré-fixado é quando a rentabilidade é definida no momento do investimento, por exemplo, um investimento que rende 15% ao ano.

Por outro lado, a pós-fixada é o seu oposto, a renda muda de acordo com um período determinado, seguindo as oscilações dos indexadores. Alguns exemplos são IGPM, IPCA, Selic, CDI, entre outros.

Como começar a investir em Renda Fixa

O investimento em renda fixa é uma abordagem de investimento direcionada na preservação de capital e da renda. Geralmente inclui, como observamos investimentos como títulos governamentais e corporativos, CDBs e fundos do mercado monetário.

Dessa forma, o investimento pode oferecer uma movimentação constante de renda com menos riscos do que as ações. Agora que você já descobriu o que são investimentos em renda fixa e como eles funcionam, confira um passo a passo para começar a investir nessa modalidade.

Analise quanto dinheiro você tem disponível para investir

Entender o valor disponível para investir é o primeiro passo para escolher a melhor alternativa para seu perfil e propósitos. Isso é necessário, pois muitos investimentos em Renda Fixa possuem um aporte mínimo.

Defina se sua aplicação será com prazo indeterminado ou fixo

Estabeleça qual o período que você poderá ficar sem mexer em seu dinheiro, em caso de investimentos sem liquidez. Não esqueça que existem investimentos para todos os prazos indo de meses até anos.

Escolha entre as taxas pré-fixada ou pós fixada

Ao começar a investir em renda fixa é necessário escolher entre títulos com taxas pré ou pós-fixadas. Confira as opções e veja o que é melhor para suas metas e prazo.

Estude quais investimentos mais se encaixam em seu perfil

Nos investimentos em Renda Fixa há diversos itens, com diferentes tributações, riscos e prazos. Antes de selecionar entre eles, estude, pesquise e conte com a ajuda de um especialista para lhe ajudar a escolher o que mais combina com você.

Diversifique sua carteira de investimentos em renda fixa

Variar seus investimentos é uma boa maneira de rentabilizá-los ainda mais. Por isso, é muito importante contar com um suporte de empresas especializadas no mercado.

Crédito com garantia de investimento (CGI)

Assim como outras opções de ativos financeiros, os investimentos em renda fixa também podem ser elegíveis para tomar crédito com garantia de investimento. 

A Nobli é especialista neste tipo de operação, oferecendo a você as melhores condições, incluindo as taxas de juros para empréstimo pessoal mais baixas do mercado,  a partir de 0,79% ao mês. Seja para tirar um projeto do papel ou um socorro durante uma emergência, o CGI é uma oportunidade de obter crédito rápido sem precisar resgatar seu investimento.

Além do mais, nosso processo é todo digital. Assim você não precisa se deslocar nem depender de outras instituições para solicitar o seu crédito e aprovar sua garantia. Com a Nobli, em poucos dias após sua solicitação o dinheiro entrará na sua conta. 

Quer saber mais? Acesse nosso site, faça uma simulação gratuita e descubra tudo que essa nova oportunidade do mercado pode fazer por você.